Blog

10/02

Tendências tecnológicas que vão movimentar a educação em 2015

A tecnologia tem tido um enorme impacto sobre o sistema de ensino em todo o mundo, transformando a forma como os alunos aprendem, compartilham e coletam informações. Pois bem, chegamos em 2015 e nos vem o seguinte questionamento: o que há de novo, tecnologicamente falando, para a educação?

É sobre isso que vamos conversar neste post. A seguir, veja fortes tendências tecnológicas em educação neste ano:

Mobile: em qualquer hora e em qualquer lugar

Recentemente, uma equipe de trabalho das Nações Unidas liderada pela UNESCO produziu um estudo sobre as tendências para educação em 2015. A tecnologia mobile é apontada como um dos fatores de forte impacto.

O estudo destaca que os dispositivos móveis têm sido um canal de acesso à internet para um número cada vez maior de pessoas, o que acaba por provocar um deslocamento do ensino – do paradigma centrado na sala de aula para um maior enfoque na aprendizagem “informal” ao longo do dia.

O estudo também prevê que haverá um aumento da indefinição das fronteiras entre aprendizagem, trabalho e vida pessoal. Os dispositivos móveis já suportam o desenvolvimento de competências em uma variedade de campos e oferecerem oportunidades de negócios.

Vídeos: o poder atrativo do audiovisual

O vídeo é uma ferramenta que têm sido utilizada com cada vez mais frequência nos últimos anos. As próprias estatísticas doYouTube mostram que essa é uma tendência que não pára de crescer.

Considerando que o YouTube é a segunda maior fonte de pesquisa (depois do Google), nada mais natural que este comportamento social se transporte para a sala de aula (ou para as aulas virtuais, propriamente).

Lousas digitais: quanto mais interativo, melhor

Unindo mobilidade e audiovisual, a tecnologia interativa para a sala de aula é uma das tendências que mais crescem na educação e oferece um enorme potencial para melhorar o processo de aprendizagem.

Por meio de plataformas digitais, os educadores podem anotar e interagir com o material que eles apresentam em seu projetor na sala de aula. Planos de aula podem ser facilmente capturados e compartilhados online para estimular o engajamento dos alunos, dando um verniz de modernidade ao ensino.

O exemplo clássico de interatividade no ambiente de sala de aula é o quadro negro tradicional. Nos últimos anos, ele deu lugar ao emparelhamento de projetores de curto alcance com quadros interativos, permitindo que a lousa se mescle ao conteúdo do computador e se transforme em uma poderosa mídia de aprendizagem e ensino.

As lousas digitais aumentam as possibilidades didáticas por meio de gráficos, filmes e animações que ajudam a prender a atenção e a fixar o conteúdo. Com este recurso, os professores podem, inclusive, utilizar a gamificação em sala de aula, ou seja, montar atividades usando mecânicas de jogos, tornando o ensino mais engajador e divertido.

E para você, quais são as grandes apostas tecnológicas de 2015 para o ensino? Deixe o seu comentário.


WhatsApp