Blog

03/08

Como melhorar suas aulas com a lousa digital

Dar aula não é uma missão das mais fáceis. Não pelo fato de ser cansativo ou pela remuneração que nem sempre atende às expectativas, pois o certo é que professor tem paixão pelo ensino. Mas justamente porque essa paixão pode dar lugar à frustração quando se prepara aulas com a melhor das boas intenções e parece que os alunos não estão interessados.

Podem ser inúmeros fatores, mas na era da digitalização de quase tudo, há a possibilidade de os alunos estarem precisando de aulas mais atrativas. Nesse aspecto, a lousa digital pode ser uma aliada importante.
Não dá para discutir que as aulas tradicionais têm sim lugar importante ainda na grade e as metodologias mais tradicionais precisam ser respeitadas por ainda funcionarem em alguns muitos pontos. Mas o que fica cada vez mais claro é que os adolescentes e jovens não conseguem mais voltar atrás em relação ao apego pela tecnologia.
Essa constatação vem mostrar a urgência com que o mundo acadêmico precisa encarar a mudança de abordagem em sala de aula.

Uma aula cansativa, com dissertações e desenhos feitos a giz na lousa. Até mesmo se forem lousas com canetas especiais em uma superfície branca. Não demora muito e os primeiros sinais de tédio começam a aparecer nos semblantes de alunos e, no caso de palestras e ambientes corporativos, da audiência.

Por outro lado, a tecnologia trouxe as lousas digitais, capazes de oferecer uma interface interativa e simples de operar, descortinando um mundo de oportunidades que antes era inimaginável em sala de aula.
Abrir um vídeo no Youtube, abrir documentos digitais, criar imagens, escrever, apontar, gravar a aula dada. Por exemplo tudo isso podem ser feita na lousa digital TAW uma solução inovadora que une uma tela autoadesiva que pode ser fixada em qualquer superfície, uma caneta ótica e um software, integrados ao seu computador e projetor.
Imagine a oportunidade de poder levar em um pen drive ou em um dispositivo de armazenamento qualquer, uma super aula interativa, preparada no dia anterior no conforto do lar!

Para aulas de Geografia, com um clique aparecem locais dos mais diversos e, com outro, as informações pertinentes ao assunto; já na aula de Inglês, as músicas com letras podem proporcionar aos alunos um divertido karaokê, com a possibilidade de se fazer o jogo de completar-se as frases com palavras ausentes. Também o jogo da forca pode auxiliar na hora de apresentar aos pequeninos verbetes novos, trazendo para o mundo deles, cheio de tecnologias, uma maneira lúdica e completa de ensino.

É preciso abrir-se para aproveitar o melhor que a modernidade tem para oferecer. Ao invés de ter uma postura intransigente sobre as vantagens das metodologias mais antigas, ter a sagacidade de aliar-se ao que de melhor há no mercado.

Não só os alunos descobrirão novas nuances das disciplinas aplicadas, com muito mais dimensões e objetividade, mas também para o professor será um renascimento na maneira de transmitir conhecimento. E professor que é vocacionado tem brilho nos olhos quando vê que a classe progride no saber.


WhatsApp